Esqueceu a senha? Clique aqui

Cadastre-se

Treinamento de Operadores (OTS)

As operações em sistemas elétricos automatizados envolvem uma série de atuadores, sistemas e dispositivos que exigem, dos operadores, grande experiência e capacidade de agir rapidamente sob situações de pressão. No centro de controle, os operadores são o último link de uma extensa cadeia de processo e, apesar dos sistemas serem mais confiáveis hoje, ainda há incidentes com consequências mais ou menos severas. A pressão de consumidores, governos e distribuidoras para atingirem melhores índices de qualidade no fornecimento de energia também é um fator importante no dia a dia das operações.

Para atingir estes índices de qualidade e reforçar a segurança nas operações, procedimentos formais de treinamento aplicados aos operadores são imprescindíveis. Todavia, muitas vezes, a transmissão de conhecimento depende da ocorrência de eventos reais no sistema. Em um cenário em que novos empreendimentos são instalados em grande quantidade, o processo de aprendizado não pode ser lento. A demanda imediata por operadores capacitados fez com que surgisse uma nova necessidade, a busca por plataformas de simulação realísticas e de fácil implantação.

O módulo de simulação e treinamento (OTS) da Elipse Software foi criado para preparar operadores de modo que possam responder rápida e eficientemente a uma grande quantidade de eventos e contingências emergenciais em sistemas de potência. A ferramenta oferece uma interface completa para simulação e treinamento, onde cada aluno pode enviar comandos e verificar seus impactos em um ambiente virtual, porém em condições muito próximas da realidade. Para isto, a arquitetura de treinamento da solução aplica uma cópia do servidor SCADA principal aos alunos conectados ao ambiente de simulação.

 

ots_elipse

Arquitetura OTS com Elipse Power

 

A fim de criar o sistema OTS automaticamente, economizando assim tempo de engenharia, é possível utilizar a aplicação do Elipse Power já existente. Isto graças a um procedimento automatizado que copia a base de dados de um servidor para o outro, substituindo apenas as referências de tags de comunicação por variáveis de simulação. Este procedimento permite que o sistema OTS consiga se manter consistentemente atualizado com o supervisório principal, que é uma preocupação bastante comum das distribuidoras, uma vez que mudanças em subestações e redes acontecem com frequência. Também torna possível integrar o módulo com o SCADA de terceiros, sendo o Elipse OTS capaz de prover praticamente as mesmas potencialidades de treinamento como quando integrado ao Elipse Power.

 

ots_terceiros

Arquitetura OTS com SCADA de terceiros

 

O roteiro de treinamento pode ser criado através do cadastro de cenários, que podem ser carregados posteriormente com poucos cliques, diminuindo assim o trabalho do instrutor em treinamentos futuros. Estes cenários de treinamento podem ser montados manualmente ou importados a partir do estado atual do sistema SCADA ou de situações passadas que tenham sido capturadas pelo Elipse Plant Manager (EPM). O módulo também permite definir o sequenciamento de eventos (SOE) e os alarmes com o objetivo de simular uma falta e seu impacto no sistema elétrico. Durante a execução, todas as mudanças são processadas pelo algoritmo de Fluxo de Potência (Power Flow), que provê respostas matemáticas do modelo elétrico extremamente fiéis à realidade.

 

OTS_app

Interface do Elipse Power OTS

 

A estação do aluno se conecta ao servidor de OTS usando a mesma estação de operação com a qual ele/ela está acostumado. Caso seja desejado, pode-se não mostrar qualquer identificação sobre a situação atual, de forma a não revelar se a aplicação é real ou simulada. O Elipse Power OTS também pode ser usado para outros fins de simulação, fornecendo um ambiente consistente para comissionamento de outros módulos ou sistemas de potência, que não são facilmente testados em condições reais.

 

Funcionalidades

 

  • Suporta aplicações de transmissão, subtransmissão e subestações;
  • Baseia-se em um modelo elétrico e aplicação SCADA já existentes sem necessidade de engenharia extra para configurar a plataforma;
  • Algoritmo de Fluxo de Potência permite simular todas as situações possíveis do sistema elétrico, inclusive eventos complexos como SOEs e automatismos de equipamentos de proteção;
  • Cadastro de cenários de eventos permite criar um roteiro de treinamento, economizando tempo do instrutor;
  • Situações reais no sistema podem ser salvas em arquivo e importadas para o OTS;
  • A estação do aluno se conecta ao servidor de OTS usando a mesma estação de operação que ele/ela está acostumado;
  • Modificações são automaticamente propagadas para o OTS, mantendo as bases sincronizadas;
  • Suporte a todos os protocolos de energia do mercado;
  • Suporte a sistemas SCADA de terceiros;
  • Ferramenta de simulação permite também validar a robustez da topologia da rede elétrica, identificando pontos fracos e situações de risco.

 

Benefícios

 

  • Diminuição no tempo de treinamento de operadores;
  • Operação mais segura;
  • Menor tempo de engenharia e manutenção;
  • Identificação e mitigação das situações de risco.

As soluções Elipse para OTS são utilizadas por importantes empresas no Brasil