Esqueceu a senha? Clique aqui

Cadastre-se

Python Day é promovido pela Elipse na USP

18/05/2018

No dia 16 de maio, a Elipse Software promoveu o Python Day no anfiteatro da engenharia elétrica da USP, em São Paulo. Ao longo do encontro, várias palestras foram realizadas com o objetivo de promover o contato entre a indústria, academia e desenvolvedores que utilizam o Python, uma das linguagens de programação que mais vem ganhando espaços no universo do Big Analytics. Com ela, é possível se comunicar com as mais diferentes plataformas, dispositivos e sistemas, de forma ágil, simples e segura.
 

Em torno de 130 pessoas compareceram no evento, divididos entre estudantes, professores e profissionais de automação e engenharia

Em torno de 130 pessoas compareceram no evento, divididos entre estudantes, professores e profissionais de automação e engenharia

A engenheira de vendas da Elipse, Luana Pinheiro de Souza, abriu o encontro, dando as boas-vindas aos participantes. Na sequência, Marcelo Salvador, diretor de negócios da Elipse, falou sobre as ações da empresa, líder nacional no desenvolvimento de soluções para o gerenciamento de processos em tempo real e que, hoje, possui mais de 40 mil softwares instalados no mundo, com cinco escritórios no Brasil e um em Taiwan, na Ásia.

Samir Lima, consultor de aplicações da Elipse, deu início às apresentações sobre o Python, falando dos benefícios proporcionados por esta ferramenta integrada aos sistemas de gerenciamento de dados de processo. Ao longo de sua palestra, o consultor destacou como esta linguagem associada ao Elipse Plant Manager (EPM) facilita a tomada de decisões, uma vez que permite realizar uma série de cálculos, gerando indicadores e gráficos para melhor visualização e análise dos dados tanto em tempo real quanto históricos.
 

Samir Lima palestrou sobre o EPM e sua integração com o Python

Samir Lima palestrou sobre o EPM e sua integração com o Python

Encerrada a palestra do consultor da Elipse, Roberto Lotufo, sócio-fundador da NeuralMind, falou sobre a aplicação do Python em Deep Learning. Em busca de revelar diversas formas para se resolver um mesmo problema, com preferência para soluções simples e eficientes, Lotufo apresentou alguns exemplos de programação matricial, utilizando a biblioteca NumPy. Alguns exemplos de programação de redes neurais com Python também foram citados ao longo de sua palestra.

“Gostei bastante do evento. Achei as palestras e o público-alvo bastante sintonizados”, disse o sócio-fundador da NeuralMind ao ser questionado sobre o encontro.

Após um coffee break, o coordenador do grupo de arquitetura e fábrica de software da Escola Politécnica da USP, Jorge Luis Risco Becerra, fez uma breve introdução sobre o próximo tema a ser abordado no encontro, o uso do Python para aumentar a eficiência energética. A fim de melhor elucidar isto, Mauro Fernando Vitorazo, diretor da Eficienergy, apresentou um sistema de gestão de eficiência energética para prédios inteligentes, utilizando técnicas de Big Data, IA e Bussiness Process. Neste contexto, o palestrante descreveu um método de implementação em Python, usando um modelo de arquitetura ODP (Open Distributed Processing).

“Achei o evento sensacional. De grande impacto para a comunidade de automação, servindo para podermos trocar experiências sobre inovações, IoT, Python, entre outras tecnologias que fazem parte desta nova era da transformação digital que vivemos hoje”, afirmou Becerra.
 

Mauro Fernando Vitorazo falou sobre o uso do Python para gestão de eficiência energética em prédios inteligentes

Mauro Fernando Vitorazo falou sobre o uso do Python para gestão de eficiência energética em prédios inteligentes

Por fim, o engenheiro de controle e automação da Prosys, Plínio Barrio Garcia, apresentou um caso real de utilização do Python em uma empresa de siderurgia. Ao longo de sua palestra, Garcia demonstrou como o Python pode ser facilmente usado para transformar dados de processo em informações úteis de modo a auxiliar na tomada de decisões, por meio de sua linguagem amigável, vasta biblioteca e modelos de planejamento e simulação.

“A indústria tem muito a ganhar com esta linguagem que consegue reunir vários dados e transportá-los facilmente ao operador em tempo real”, disse o engenheiro.

No final do evento, quatro treinamentos do EPM foram sorteados junto aos participantes. Mais informações sobre o Python Day SP 2018 podem ser obtidas pelo telefone (11) 3061-2828.