Esqueceu a senha? Clique aqui

Cadastre-se

Elipse promove palestra sobre indústria 4.0 na ISA / Grinst-RS

31/08/2016
Palestra da Elipse reuniu 138 pessoas, o maior público, até então, presente nos encontros promovidos pela ISA Seção RS e Grinst-RS este ano

Palestra da Elipse reuniu 138 pessoas, o maior público, até então, presente nos encontros promovidos pela ISA Seção RS e Grinst-RS este ano

Na noite do dia 25 de agosto, das 19h às 21h30, a Elipse Software promoveu uma palestra sobre indústria 4.0, do conceito à aplicação. A apresentação, que integrou a grade de programação dos encontros técnicos promovidos pela ISA Seção RS e Grinst-RS, foi realizada no auditório do SENAI, em Porto Alegre. Um total de 138 pessoas compareceram no evento, todos muito interessados em saber mais detalhes sobre o tema que, segundo o palestrante João Alvarez Peixoto, engenheiro especialista em pesquisa, desenvolvimento e inovação do SENAI, constitui o cenário de amanhã, ou melhor, de hoje.

“Prazer imenso haver sido convidado para palestrar pela Elipse, até porque vejo esse interesse, por parte da empresa, de querer melhorar seus processos, ver estas tecnologias diferentes e estudar esse mundo novo que, a propósito, já está aí. Hoje, não vamos mais no fornecedor para verificar o que ele tem a nos ofertar, mas sim cientes do que queremos comprar. Esse consumidor já está aí. Agora o que resta é nossa indústria caminhar para melhor atendê-lo de forma a se tornar, assim, mais competitiva”, afirmou ele.

Palestrante João Alvarez Peixoto, engenheiro especialista em pesquisa, desenvolvimento e inovação do SENAI

Palestrante João Alvarez Peixoto, engenheiro especialista em pesquisa, desenvolvimento e inovação do SENAI

Ao longo do encontro, Peixoto falou sobre os preceitos, recursos e ferramentas da indústria 4.0 que já estão sendo utilizadas no mercado. A aplicação das tecnologias ligadas à Internet of Things, computação em nuvem, virtualização, análise de dados, rastreabilidade, comunicação entre máquinas (M2M) e o comissionamento virtual foram alguns dos pontos muito abordados na palestra. Assuntos que não só chamaram a atenção dos participantes, como também os fizeram refletir sobre o meio onde atuam.

“Trabalho com TI há mais de 30 anos. Infelizmente, a nossa cultura industrial, hoje, não pensa naquilo que provê a informação para tudo funcionar. Acredito que a indústria 4.0 vai contribuir para que as pessoas passem a investir mais, não só em equipamentos, mas sim na infraestrutura de TI, a fim de não colocarem em risco a produção”, disse Ronald Kopte, consultor de vendas de data center da Aceco TI.

Para melhor ilustrar a aplicação das ferramentas desta nova realidade industrial, o palestrante apresentou um caso de virtualização e comissionamento junto a um processo fabril, demonstrando as vantagens de se digitalizar a produção de modo a poder visualizá-la em um ambiente virtual. Por fim, o engenheiro do SENAI citou alguns dos requisitos exigidos para se atingir um cenário de indústria 4.0, como: a existência de uma relação de cooperação e interação entre empresas, hardware heterogêneo, escalabilidade, agilidade via reconfiguração, tolerância a falhas, produtos customizados e lotes pequenos de produção.

Após a apresentação, a Elipse promoveu o sorteio de uma anuidade da ISA Member (profissional) e brindes aos participantes. Encerrado o sorteio, um coquetel foi oferecido a todos. Entre eles, Davi Bobsin, estudante de engenharia de controle e automação da UFRGS, que, apesar de sua pouca experiência de mercado, já reconhece a importância de se conhecer mais detalhes sobre este novo cenário industrial.

“A indústria 4.0 é o assunto mais atual do nosso mercado. Por se tratar de algo novo, muitas vezes, nem nos damos conta de estarmos vendo a aplicação das suas tecnologias na sala de aula. Em função disto, achei muito válida a palestra para poder obter mais informações sobre elas”, revelou o estudante.

Mais à direita, Davi Bobsin ao lado de seus colegas do curso de automação da UFRGS. Mais à esquerda, Enio Viana, integrante do Conselho Deliberativo do Grinst-RS

Mais à direita, Davi Bobsin ao lado de seus colegas do curso de automação da UFRGS. Mais à esquerda, Enio Viana, integrante do Conselho Deliberativo do Grinst-RS

Interessado em ver mais fotos do evento, clique aqui.